Cancer de Prostata

O QUE É?

A próstata é uma glândula que faz parte do sistema reprodutivo masculino e se localiza abaixo da bexiga e na frente do reto. O câncer de próstata ocorre quando um grupo de células da próstata começa a se reproduzir de maneira desordenada, invadindo o tecido normal da próstata e podendo, com o passar do tempo, invadir órgãos vizinhos e se estender para órgãos à distância.

EPIDEMIOLOGIA

O câncer de próstata é o tipo mais comum de câncer entre os homens, normalmente ocorrendo após os 50 anos de idade. Estima-se que o número de casos diagnosticados anualmente no Brasil chegue a 50 mil. O curso natural do câncer de próstata costuma ser lento, e os sintomas só costumam aparecer quando a doença tem muitos anos de evolução, por isso os exames que visam detectar a doença são muito importantes, pois possibilitam diagnosticar o câncer em estágio precoce, levando a altas chances de cura.

EXAMES DE DETECÇÃO PRECOCE

O exame anual de rastreamento deve ser realizado em todos os homens a partir dos 50 anos, e consiste no toque retal, além do exame de sangue PSA. Ambos devem ser feitos, pois existem tumores que não são palpáveis ao toque, mas que alteram o exame de sangue e, por outro lado, há pacientes com PSA normal e toque retal alterado. Na suspeita da doença, o médico deverá indicar uma biópsia da próstata, que é realizada com ajuda de um ultra-som.

TRATAMENTO

Os tumores iniciais de próstata têm grandes chances de cura com a retirada cirúrgica da próstata ou com a radioterapia. A decisão do tipo de tratamento mais adequado para cada caso é discutida individualmente entre médico e paciente, levando-se em consideração os possíveis efeitos colaterais de cada modalidade de tratamento. A radioterapia pode também ser indicada em pacientes já submetidos à cirurgia, dependendo das características e evolução da doença. Nos casos mais avançados o tratamento normalmente se baseia na radioterapia associada ao uso de medicamentos.

RADIOTERAPIA

Avanços tecnológicos recentes permitiram transformar a radioterapia em um tratamento bastante seguro e eficiente para o câncer de próstata. O tratamento inicia-se com uma tomografia computadorizada da pelve, em que o médico radioterapeuta delimita a próstata e os órgãos vizinhos. A seguir, o tratamento é planejado de maneira computadorizada, permitindo que a radiação se concentre na próstata poupando ao máximo os órgãos sadios vizinhos. A radiação produzida pelo aparelho de radioterapia, chamado acelerador linear, penetra no corpo através da pele, atingindo a próstata sem que nada toque o paciente. O tratamento acontece diariamente de segunda a sexta-feira com duração de 7 a 8 semanas. Efeitos colaterais como ardência ao urinar e alterações do ritmo intestinal, costumam ser leves e menos comum graças ao uso do planejamento tridimensional. Os pacientes normalmente podem manter suas atividades diárias durante o tratamento.

Gostaria de saber mais?



Como Chegar | Fale conosco
Av. Carllos de Salles Bloch, 660 Anhangabaú - Jundiaí - SP
Fones: (11) 4521.1625 | (11) 4586.9766 | (11) 4521.8650
2007 © COJ Medicina Integrada em Oncologia
Desenvolvido por: thiagoericson