Radioterapia

O QUE É?

Radioterapia é o tratamento de doenças através do uso de radiações. Pode ser utilizada para o tratamento de algumas doenças benignas, mas sua utilização se concentra no tratamento do câncer, com finalidade de destruir as células tumorais permitindo a cura ou alívio de sintomas relacionados à doença. Avanços tecnológicos recentes permitiram transformar a radioterapia em um tratamento seguro e eficiente, que é utilizado atualmente em aproximadamente metade dos pacientes com câncer.

MODALIDADES DE RADIOTERAPIA

A Radioterapia pode ser dividida em duas modalidades: teleterapia e braquiterapia. Na teleterapia a fonte de radiação encontra-se fora do paciente e a radiação penetra no corpo através da pele, atingindo a área que abriga a doença. Técnicas de planejamento do tratamento computadorizadas permitem concentrar com precisão a dose de radiação no local do tumor, poupando ao máximo estruturas sadias vizinhas. A teleterapia é a modalidade utilizada na maioria dos pacientes, e o COJ está equipado, para tal, de um moderno acelerador linear. Na braquiterapia, pequenas fontes de radiação de curto alcance são colocadas pelo radioterapeuta dentro ou nas proximidades do tumor, permitindo atingir altas doses de radiação em volumes bem definidos, permitindo o tratamento eficiente de alguns tipos de tumores. Ambas as modalidades podem ser combinadas, como no caso de alguns tumores ginecológicos.

ETAPAS DA RADIOTERAPIA

Todos os pacientes encaminhados à radioterapia passam por uma primeira consulta com o médico radioterapeuta responsável pelo tratamento. Nesta consulta, a necessidade da radioterapia é avaliada e o médico decide o local a ser tratado, a modalidade de radioterapia mais indicada, a dose que será aplicada e o número de dias de tratamento. Após a avaliação inicial é agendado o planejamento do tratamento. Conforme a necessidade, o médico poderá optar por um planejamento computadorizado tridimensional, feito com base em imagens de tomografia computadorizada realizada especialmente para o tratamento, ou por planejamento convencional, realizado sem a necessidade de uma tomografia especial. Em ambos os casos o físico especializado em radioterapia realiza os cálculos da dose que deverá ser aplicada, e após aprovação médica, o tratamento é iniciado. A radioterapia normalmente é realizada em cinco sessões diárias de aproximadamente dez minutos cada, de segunda a sexta, por um período que varia, conforme o caso, de duas a oito semanas. Durante as aplicações todos os pacientes passam por avaliações semanais com o radioterapeuta com o objetivo de permitir um tratamento com o mínimo de efeitos indesejados. Além da avaliação médica, os pacientes podem receber, conforme a necessidade, cuidados de enfermagem, fisioterapia, odontológicos e acompanhamento psicológico.

Gostaria de saber mais?


Como Chegar | Fale conosco
Av. Carllos de Salles Bloch, 660 Anhangabaú - Jundiaí - SP
Fones: (11) 4521.1625 | (11) 4586.9766 | (11) 4521.8650
2007 © COJ Medicina Integrada em Oncologia
Desenvolvido por: thiagoericson